Por Território


Informações sobre o indicador no final desta página



Fonte: SIPNI/CGPNI/DEVIT/SVS/MS

Gestor, clique aqui se se tiver dúvidas, correções ou sugestões sobre este gráfico

O indicador “Relação entre doses esperadas e doses aplicadas” é útil para realizar o monitoramento mensal das doses aplicadas nas crianças que representam a população alvo para cada vacina. Está disponível para os gestores municipal, regional, estadual e federal. Para identificar o número médio de crianças a ser vacinada a cada mês, divide-se por 12, o total de crianças nascidas no último ano, com registro no Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (Sinasc). Ao comparar o número de doses esperadas (crianças a serem vacinadas) com o número de doses aplicadas (crianças que realmente foram vacinadas), os gestores poderão identificar falhas no registro das doses aplicadas, no sistema de informação, ou a perda de oportunidade de vacinação das crianças. Assim será possível adotar medidas de controle recomendadas que proporcionem o alcance da meta, com intuito de manter a população alvo protegida das doenças preveníveis por vacinação. Deve-se observar que número mensal doses aplicadas poderá variar para mais ou para menos em torno do número mensal de doses esperadas. Porém, o número total de crianças a serem vacinadas deverá ser alcançado ao final do ano.